sexta-feira, 6 de janeiro de 2012

Estatuto do torcedor

Proteção e defesa do TORCEDOR

Escrever a respeito desse assunto me deixa veramente irritada, porque
eu me sinto uma completa idiota, por todos os lados e vou explicar
porque...
Surgem-me varias e varias perguntas imbecis na cabeça e não pensem que
essa pessoa aqui que vos fala seja imbecil, é simplesmente porque
querem fazer com que eu assuma esse papel.

Alguém aqui já leu o Estatuto do Torcedor? Pois é... Eu li e devo
ressaltar aqui alguns pontos que são me imensa importância na minha
humilde opinião para esse caso.

Art. 1o Este Estatuto estabelece normas de proteção e defesa do
torcedor.
Art. 1o-A.  A prevenção da violência nos esportes é de
responsabilidade do poder público, das confederações, federações,
ligas, clubes, associações ou entidades esportivas, entidades
recreativas e associações de torcedores, inclusive de seus respectivos
dirigentes, bem como daqueles que, de qualquer forma, promovem,
organizam, coordenam ou participam dos eventos esportivos.

Art. 13. O torcedor tem direito a segurança nos locais onde são
realizados os eventos esportivos antes, durante e após a realização
das partidas.
II - não portar objetos, bebidas ou substâncias proibidas ou
suscetíveis de gerar ou possibilitar a prática de atos de violência;
III - consentir com a revista pessoal de prevenção e segurança;
VIII - não incitar e não praticar atos de violência no estádio,
qualquer que seja a sua natureza;

Art. 14. A responsabilidade pela segurança do torcedor em evento
esportivo é da entidade de prática desportiva detentora do mando de
jogo e de seus dirigentes, que deverão:
I – solicitar ao Poder Público competente a presença de agentes
públicos de segurança, devidamente identificados, responsáveis pela
segurança dos torcedores dentro e fora dos estádios e demais locais de
realização de eventos esportivos;

Bom, acho que esses artigos são suficientes para me deixar
insuportavelmente irritada.

Aí vem as perguntas:
Proteção e defesa do “Torcedor”, que torcedor exatamente esse Estatudo
protege e defende? Eu, meu filho, vocês ou quem entra armado lá dentro
já com a intensão informada por meio de Twitter que iria matar alguém?
Quem organizou o evento do dia 07/12? Porque não houve revista? Se até
meu filho de 11 anos é revistado nos jogos. Quantas pessoas haviam no
Evento?

A cada pergunta que aparece me sinto a mais perfeita idiota...
Aquelas câmeras de dentro do Beira Rio são monitoradas? Sim ou Não? Se
a resposta for sim, por quem exatamente? Seguranças, policiais, robôs?
Quanto tempo levou aquela filmagem que mostra o “foragido” esfaqueando
quem passava pela frente? E a pior de todas é: - Esse monitoramento
fica aonde, no Beira Rio ou no Park gigante? Porque eu na minha
IMBECILIDADE, não consigo acreditar que alguém estava vendo aquilo e
continuou sentado, sem fazer nada... Porque até a saída, não havia uma
“viva alma” vestido de segurança ou de qualquer coisa que fosse,
tentando prender essa “VERGONHA” na minha torcida.
Quem precisa de proteção somos nós, “TORCEDORES DE VERDADE”, não
baderneiros que só servem para manchar o nome do Clube que carrego no
peito por décadas.

Tristeza é saber que essas imagens que eu vi e que vocês viram
espalharam-se por vários países... Tive vontade de me esconder, mas
resolvi colocar a boca no trombone, mais uma vez.

A diretoria não viu as imagens? Eles não vão me proteger? O que farão
com aquelas criaturas que tomaram facadas sem nem saber o motivo? Vão
continuar sem expulsar o “torcedor modelo”? Que tipo de torcedora eu
represento para a direção? Será que a minha importância é inferior
porque eu não tenho o costume de entrar armada no Beira Rio?
Precisaria me filiar a alguma facção para ter mais direitos?

QUERO OS MEUS DIREITOS JÁ!!!

Respeitem esse Clube!!! Alguém disse isso e eu venho aqui hoje
dizer...  O respeito tem que vir dos dois lados. Eu respeito esse
Clube mais do que tudo, porque eu NUNCA levei o nome do Inter para
páginas policiais e NUNCA fui conivente com situações.
CONIVÊNCIA :  Esse tipo de atitude não trás benefício nenhum para o
Inter, e eu não serei conivente...




* Texto da Bloguista Fernanda Fernandes 

2 comentários:

Lúcia Bastos disse...

Fe, SEJA BEM VINDA!
Obrigada por aceitar fazer parte do nosso timaço!

Abordaste um tema q muito tem preocupado aos Colorados q frequentam o Beira-Rio, e conseguiste resumir bem o sentimento de muitos de nós!

Vanusa Lilian disse...

Bem vinda Fernanda Fernandes!!!!!
Abraços Lilian