terça-feira, 6 de janeiro de 2015

OBRIGADA PRESIDENTE LUIGI



OBRIGADO, PRESIDENTE!
Chegou ao fim hoje, oficialmente, a "Era Luigi" no Inter. E então decidi escrever essa "carta aberta" ao agora ex-presidente colorado. Sei que muitos irão parar de ler aqui, uma vez que esse texto é de agradecimento ao nosso dirigente. Mas se vocês chegaram até aqui, aproveitem e leiam o resto.
Foram quatro ÁRDUOS anos esses em que tu esteve à frente do nosso amado Clube. Iniciou a gestão com um estádio "em obras", com parte da arquibancada demolida pela gestão anterior, em um modelo de reforma com recursos próprios que não se sustentaria no tempo.
O tempo era curto, mas mesmo assim tu tiveste a maturidade necessária para refazer todo o modelo de negócio e alterar para o modelo de parceria estratégica, sendo a AG a escolhida para tocar o projeto e garantir que o Clube não "sangraria" seus cofres diretamente, garantindo portanto a realização da Copa do Mundo, pela segunda vez, em Porto Alegre (e no nosso estádio).
O problema é que toda a (re)discussão da reforma e de tudo que a cercava - incluída aqui a própria obra - teve que seguir todos os trâmites necessários, tanto internos (clube) quanto externos (governo). E em alguns momentos todos nós (inclusive tu) tememos pelo pior, que seria a não assinatura do contrato ou a não execução no prazo estipulado para a Copa do Mundo.
E tu, Giovanni, com toda a tua paciência, conseguiu contornar toda essa situação e fazer com que a reforma saísse, preparando o Beira-Rio pros próximos 30, 40 anos, e garantindo os jogos (e que jogos!) da Copa do Mundo de 2014 na nossa casa.
Infelizmente, toda essa MOVIMENTAÇÃO teve um preço: ficarmos sem jogar no nosso estádio por um bom tempo. Aliás, verdade seja dita, somados teus quatro anos de gestão, o Beira-Rio só esteve CEM POR CENTO à nossa disposição após a Copa do Mundo.
E "casualmente" em 2014 tivemos nossa melhor participação em Brasileiros, igualando 2006.
O que ficou claro, a meu ver, é que ter um estádio à disposição, com a torcida que temos, Presidente Luigi, foi e será sempre nosso maior diferencial.
E tu decidiu sacrificar a nossa atividade fim (futebol) em detrimento a algo que é muito importante: o nosso patrimônio para o futuro.
Tenho a certeza de que poucos irão reconhecer o teu valor enquanto Presidente nesse período. Mas saiba, Giovanni, que aqui está uma dessas pessoas. Tenho certeza que teu papel foi FUNDAMENTAL pra preparar o Inter pro futuro, e a maioria das pessoas só irá reconhecer isso (se reconhecerem) daqui a 10 ou mais anos.
Até lá, vão dizer que tu é o cara que não teve êxito no futebol, o que não deixa de ser verdade. Mas, em analisando todo o CONTEXTO envolvido, não tinha como ter êxito jogando em Caxias, Novo Hamburgo, Gravataí, Erechim e etc. enquanto a nossa casa era reformada por inteira.
Tu pegou um Clube gigante e está entregando ele no mesmo patamar, com o adendo de que nosso patrimônio futuro será ainda mais valorizado ao longo dos próximos anos, o que poderá fazer com que maximizemos nossas receitas, gerando melhores resultados e podendo investir esses valores no futebol do Clube.
Após LONGOS quatro anos de tensão, stress, dificuldades, rachas e discussões internas, hoje sei que tu vai dormir "o sono dos justos", Presidente.
E amanhã, ao acordar, tu vai te dar conta que não era sonho; que tu teve a honra de comandar nosso amado Inter por todo esse tempo e que sim, valeu a pena passar por tudo isso, vendo o resultado final da tua grande obra. E daí, tu vai virar pro lado, dar uma risadinha de "dever cumprido", fechar os olhos e voltar a sonhar.
Porque são os sonhos que movem os gigantes.
OBRIGADO, PRESIDENTE!

Texto do Conselheiro Luiz Caldas Milano Júnior, devidamente autorizado a estar aqui publicado, pois compartilho com cada palavra escrita.

E acrescento algo que ouvi ontem na posse, disse Presidente Vitório em seu discurso: Obrigada Luigi, te entreguei o Inter na Libertadores e me devolves na Libertadores, como não tinha botões, murmurei: mas com um estádio LINDO e em pé, não em escombros como recebeu em 2011.





terça-feira, 23 de dezembro de 2014

Campanha INOVADORA



É com muito orgulho que retorno aos posts do blog, para relatar uma experiencia emocionante. Faço parte do movimento INOVE INTER (i9) que, na eleição do último dia 13/12, conseguiu eleger 25 integrantes do grupo ao Conselho Deliberativo do Internacional. 


Um grupo que fez uma campanha diferente, os votos foram conquistados um a um, as posições na nominata foram conquistadas por mérito e desempenho de cada integrante. O trabalho de formiga, como bem diz o nosso cabeça de chapa Luciano Davi, foi contemplado com 25 cadeiras.

Um movimento novo, com gente disposta a trabalhar, com seriedade e união, todos em prol de um único objetivo, o bem do Sport Club Internacional.

Eu nunca havia feito parte de movimento politico em clube de futebol. Tive a sorte, graças a nossa querida Lucia Bastos, de iniciar no melhor e mais engajado grupo de que tive notícia. A vontade de todos é muito grande onde o individualismo não ressalta, não há espaço para cigarras no nosso formigueiro. E assim fomos caminhando e construindo o nome do i9.

Um grupo que busca força nova, que aposta nas mulheres, que não faz diferenças, onde todos tem voz e todos são capazes!

Mas não adianta ter trabalho se o objetivo não agradar. E nós temos os dois, bons argumentos que encantam e trazem para o nosso lado o sócio que nos ouve. Encantam, porque tem fundamento, porque faz o sócio pensar e se sentir perto de seu clube do coração.

O INOVE na Estrada, viajou pelo RS e SC, resgatando, recrutando e acolhendo o sócio/torcedor. Eu, junto com meu marido, tive a oportunidade de organizar e participar de duas edições do INOVE na Estrada,  em Araranguá-SC (minha terra Natal) e Florianópolis-SC (minha cidade de residencia). O que mais me chamou a atenção nas duas edições, foi a carência que o torcedor de fora de Porto Alegre tem, carência de participar da vida do seu clube, afinal todos os torcedores são iguais e amam o seu clube da mesma maneira.

O vídeo abaixo foi exibido no programa Blitz Esportiva do Mano Gumarães, na ARTV de Araranguá. A TV foi cobrir o evento INOVE na Estrada na cidade catarinense.


 

Bem, depois de muita conversa, estrada, e-mail, rede social, panfletagem, carta e convencimento, chegou o grande dia. 13/12/2014, dia da eleição para presidente e 150 cadeiras no Conselho Deliberativo do Internacional. O clube com maior número de sócios das Américas, fez história mais uma vez. Conseguiu que seus sócios pudessem votar pela internet, de onde quer que estivessem. Uniu os votos da internet com os votos presenciais e em pouco mais de uma hora após o termino das votações, os vencedores foram anunciados. E para a nossa alegria o INOVE INTER estava lá.

O dia começou cedo para o grupo, nos reunimos, votamos e fomos para o pátio do Beira Rio arrecadar votos dos eleitores presenciais. Mais uma vez as formigas estavam trabalhando, tudo muito bem organizado, a logística impecável, os integrantes engajados. E cada voto revertido naquelas últimas horas de campanha  foram cruciais para a nossa vitoria. 34 votos no separaram da frustração e nos levaram ao êxtase. 34 votos nos mostraram que vale a pena tentar, vale a pena trabalhar, vale a pena argumentar, vale a pena acreditar....

E eu acredito num futuro brilhante para este grupo Inovador, este grupo que se transformou numa família, uma linda e forte Família Colorada!  

O vídeo abaixo, mostra os Inovadores comemorando após a apuração. O cinegrafista e narrador é o meu marido Andrei. As imagens são a prova de que os 165 membros que estavam na nominata da Chapa 09 - Inove Inter - tinham o mesmo objetivo, fazer no mínimo 15% dos votos. E com 15,17% do total de votos chegamos lá, entramos no conselho. Não foram apenas os primeiros 25 da nominata, todos se sentiram vitoriosos, eu que era a numero 54 na nominata, o Andrei (marido meu) que era o 85 e todos do 26 para baixo. Comemoramos como se fossemos os primeiros, pois nos sentimos parte de uma família, sentimos que nosso trabalho e o trabalho de todos os Inovadores foram recompensados.

Parabéns a todos os novos conselheiros e viva o Spot Club Internacional!










ABRAÇOS COLORADOS

quinta-feira, 27 de novembro de 2014

Eleições Coloradas, novo capitulo



MEUS SAIS, s'il vous plais!!!! 

Está em curso a campanha eleitoral do Sport Club Internacional.
Duas chapas concorrem a presidência do clube e também ao conselho deliberativo. 
Outras três chapas concorrem somente ao conselho deliberativo. 
Chapa 09, da qual faço parte, se preparou não só para o pleito, mas essencialmente para oferecer ao clube uma reformulação na gestão. 
Comparada com eleições passadas, esta está muito light, entretanto o nível dos debates caiu bastante.... 
Quando leio um candidato ao conselho valorar opinião de torcedor que não é sócio do clube, e portanto não é apto ao voto, me obrigo a pensar como esse cidadão pensa o clube? 
Existem os inventores da roda, agora temos os donos da verdade. 
Ou seja, só como eles pensam o clube é que serve, que presta. 
Tem chapa prometendo fazer e acontecer, com ações que são atos de gestão, ou seja, só quem for presidente do clube poderá fazer o que eles estão prometendo, e eles não tem candidato a presidente... Desinformação? Acredito que não! 

E para te INDUZIREM ao voto mesmo, sócio Colorado!

ABRAM BEM OS DOIS OLHOS!!!!


Conselheiro pode propor alguma alteração do estatuto, é consultado sobre algum assunto, mas o regime do clube é PRESIDENCIALISTA, então, quem manda é o presidente!

Nós do INOVE Inter, chapa 09, temos proposta de reformular o estatuto, de mexer no poder do presidente, tornando corporativa as decisões do clube, através de um conselho de gestão, que terá inclusive participação do presidente do conselho.

Mas essa nossa pretensão depende de elegermos conselheiros, de quantos conselheiros elegeremos, não faremos isso num passe de mágica, nem por termos essa vontade.
Tenho muito mêdo de panfletagens populistas, da vitimização das pessoas. Gente que é capaz de fazer isso, pode ser capaz de fazer muitas coisas...

Ficam jogando com emoção das pessoas como se fossem deuses capazes de fazer qualquer milagre...

Somos humanos pessoal, com defeitos, virtudes, com limitações, com bandeiras, nos mostremos como somos, não nos escondamos atrás de fakes.

Tenho minhas opiniões e defendo elas! Mas não torço contra o Inter para ser apontada como certa!

domingo, 23 de novembro de 2014

Show da torcida e vitória no último minuto

Bom dia, colorados! Já recuperaram os nervos depois do jogo emocionante de ontem? Se para mim, que acompanhei de casa, já foi foi tenso demais, imagino para quem foi ao Beira-Rio!
Aliás, quero iniciar a postagem de hoje parabenizando a torcida colorada, que atendeu o pedido de Abel e lotou o Beira-Rio. Nossa nação, mais uma vez, está dando provas de amor ao clube. Se já era uma obrigação do INTER, por tantos fracassos nas outras competições, se classificar para a Libertadores, agora o INTER deve mais do que nunca esse presente a sua torcida.

Não foi fácil. O INTER suou, se assustou, deixou a desejar, mas no último minuto a tão esperada vitória chegou. E quem diria, mais uma vez ela veio através de um jogador questionado. Contra o Goiás, vencemos graças ao Paulão. Ontem, graças ao Fabrício. Depois de cometer o pênalti que foi convertido pelo Atlético-MG, teve sua redenção quando marcou o gol que manteve o INTER vivo na briga por uma vaga no G-4.

Foi mais um jogo onde o INTER teve uma atuação ruim. O Palmeiras, próximo adversário colorado, não assusta, mas virá com toda gana pra cima do INTER, pois está a perigo no campeonato. O INTER já levou sustos de Goiás e Atlético-MG, deve ter muito cuidado ao enfrentar o Palmeiras. Nessa altura, não me importo se a vitória for magra e vier no último minuto de novo. O que realmente importa é o INTER seguir pontuando.

domingo, 16 de novembro de 2014

A primeira das três batalhas

Bom dia, colorados!
O Inter começa hoje a primeira das três batalhas que terá no Beira-Rio. Abel Braga traçou como meta vencer esses três jogos diante da torcida, para encaminhar a vaga no G-4. O primeiro desafio é contra o Goiás. Um adversário que não tem nada mais a ganhar no campeonato, mas também não tem nada a perder. Ou seja, é um jogo tão perigoso quanto os outros.

Depois das vitórias de Grêmio e Fluminense ontem, a obrigação colorada de vencer só aumentou. A vitória é mais do que necessária para se manter no G-4 e se afastar do Fluminense que empatou com o Inter no número de pontos. E ainda não seria nada mal secar Atlético-MG e Corinthians, que estão colados no Inter, na tabela.

Para o jogo de hoje, Abel não poderá contar com Aránguiz, Fabrício e, possivelmente, também com Alex e Nilmar. São vários os desfalques e os retornos apenas de Willians e D'Alessandro.

É hora da superação! Estamos insatisfeitos com a atual situação do Inter, sim. Mas é o INTER, e devemos apoiá-lo até o apito final. Mais do que nunca, nosso clube precisa de nós!





domingo, 9 de novembro de 2014

Ganhar ou ganhar

Bom dia, colorados!

Como hoje é dia de grenal, imagino que a ansiedade deve tomar conta de vocês. Todo clássico é especial e sempre tem algum ingrediente que o diferencia dos outros. No último, o que o diferenciava era o fato de ser o primeiro disputado no novo Beira-Rio. O diferencial do grenal de hoje é que ele será decisivo para ambas as equipes. Quem ganhar seguirá "vivo" na luta pelo G-4. Então, o clássico de hoje não vale taça, mas tem também uma grande importância.

É difícil apontar um favorito, pois a tabela reflete o atual momento da dupla, os dois times estão equilibrados. Mas todo mundo sabe, o clássico grenal manda a lógica para o espaço, então provavelmente o placar não terminará empatado. A igualdade no placar serviria só um pouco para o Inter, pois está na frente do Grêmio e joga fora de casa, mas se o Inter ainda quiser sonhar com o G-4, a vitória é mais do que uma obrigação: É UMA NECESSIDADE! Vencer o clássico de hoje significa manter a hegemonia que já é de dois anos, se manter no G-4 e se afastar do Grêmio.

Será um jogo de altas emoções para ambos os lados. Tá difícil de segurar a ansiedade. Como nosso time é imprevisível, não me arrisco nem sequer a palpitar algum placar. Só nos resta torcer para que o Inter encare esse clássico como encarou todos os que já disputou nesse ano, com determinação e garra. E que o domingo termine com a maravilhosa torcida vermelha festejando em território azul.

quinta-feira, 30 de outubro de 2014

Outro capítulo das eleições Coloradas...

Nosso Inter está igualzinho o Brasil...

Brasileiros, por longo tempo, pouca ou nenhuma atenção deram à política do país. Agora que começam abrir os olhos, estão assustados com o que enxergam!!!

Nosso Inter não está nada diferente!!!

Quantos votaram nas eleições de 2010?

E nas de 2012??? Como não tinha voto para presidente, maioria se desinteressou...

Quando acordarem, ou resolverem enxergar, pode ser muito tarde para salvar o Inter!!!

Um grupo entrou no conselho em 2006, "Internet", coligado com "Inter Ação", "Inter 2000" e "Mais Inter", elegeram 2 conselheiros.

Em 2008 foram com chapa própria, fizeram 23 conselheiros - eu estava militando com eles nessa época.

Em 2010, fizeram uma fusão entre os grupos "Inter 2000", "Inter Ação" e "Internet", criando o "Convergência Colorada", lançaram plano de gestão e candidato a presidência, candidato não foi para o voto dos sócios, mas fizeram bom número de cadeiras.

Em 2012, tiveram conversas com muitos grupos, dentre eles alguns que acabaram coligando para apoiar o presidente Luigi. 

A opção mais "normal" naquela polarizada eleição de 2012, era "Convergência" coligar com "União Colorada", "Ação Independente Colorada" e "Mais Inter". Mas para surpresa de todos, não coligou... Levou ao conselho o seu candidato a presidência...

Quando presidente Luigi foi eleito no conselho, os grupos acima citados se uniram, para bater e reclamar dos 166 conselheiro que elegeram Luigi, eu era uma das apoiadoras da reeleição e muito debati com essas pessoas.

Numa ocasião, indaguei de um conselheiro, "convergente", as razões para não terem coligado, resumidamente, afirmou que haviam questões inconciliáveis entre os grupos, o que inviabilizaria a gestão.

Bom, pelo visto essas questões foram rapidamente conciliadas, em abril de 2013 estavam todos unidos e abraçados elegendo presidente do Conselho Deliberativo membro do "União Colorada", vice presidente membro do "Convergência"... Eles, (os membros do "Convergência") também vieram a ocupar outros cargos na composição da mesa do conselho e principalmente do conselho fiscal.

Agora em 2014, pode ser surpresa para alguns eles estarem coligados!
Para quem acompanhou a movimentação, não tem surpresa nenhuma...

A manobra da eleição de 2012 foi bem orquestrada, para fazer você sócio, acreditar que o "errado" era quem estava no poder! Que aqueles que estavam no poder lhe tiraram direito ao voto de presidente.


Te enganaram sócio!!! 


"Eles" te tiraram esse direito, eles não são os "bons moços" que aparentam ser!!!

Desde abril/13 estão UNIDÍSSIMOS para te levar a acreditar que são a solução para clube, "disfarçando" até os últimos minutos se coligam os não, JOGO DE CENA! Negociam cargos! A um grupo interessa as obras do entorno, ao outro o futebol. Já bateram o martelo!
Só criam expectativa para ter tua atenção, sócio Colorado, para mais uma vez te ludibriarem...



ABRE TEUS OLHOS SÓCIO!!!

ANTES QUE SEJA MUITO TARDE PARA O INTER!!!


domingo, 26 de outubro de 2014

Vitória da amenização

Boa tarde, colorados!
Que bom que ontem o INTER não vacilou e cumpriu sua OBRIGAÇÃO de conquistar os três pontos. Não que o jogo tenha sido uma maravilha, longe disso, no segundo tempo o domínio foi todo da equipe do Bahia, mas pelo menos voltamos ao G-4. Só não sabemos até quando, já que o próximo jogo é contra o Santos, na Vila Belmiro, onde o INTER nunca venceu.

Muitos podem dizer que a vitória de ontem aliviou a situação colorada. Já eu diria que a vitória serviu apenas para AMENIZAR a situação, pois se o INTER não vencer o próximo jogo, corre o risco de sair do G-4 novamente. E pode ser ultrapassado pelo Grêmio. Mas caso o Grêmio perca ou empate, o que sinceramente eu acho difícil, e o INTER perca, o que é provável, o gre-nal será ainda mais decisivo. Ele terá ares de final de campeonato, pois quem vencer se manterá a frente na tabela. Ainda temos o Santos pela frente, mas é impossível não pensar no gre-nal numa situação dessas.

Aliás, o INTER poderia estar numa situação muito mais confortável, com vaga garantida no G-4 e até mesmo a vice-liderança, se não tivesse perdido tantos pontos fáceis, se não tivesse fracassado em vários jogos no Beira-Rio e se nosso treinador não inventasse tanto em algumas escalações. O sonho do título virou pesadelo. E a vaga no G-4 é tão imprevisível quanto as atuações do time colorado. Se o INTER não engrenar nessa reta final, estaremos prestes a mais uma vez ver o INTER jogando pelo ralo as aspirações no campeonato brasileiro. E depois de campanhas tão vergonhosas em 2012 e 2013, o mínimo que a direção e o elenco colorado deveriam proporcionar a torcida seria uma vaga no G-4. Mas só Deus sabe o que irá acontecer até o final do campeonato brasileiro.

sábado, 18 de outubro de 2014

Eleições Coloradas !!!!

Tenho que rir, só me resta isso!!!!

Para quem não sabe, sou uma das fundadoras do grupo inove Inter - i9!





Um pouquinho da política Colorada, para quem não a conhece.

Desde que lançamos o grupo, por sermos novos, temos buscado nos apresentar aos sócios, em ações nas praças e parques e panfletagens no Beira-Rio.



ação no Harmonia
                       
ação na Encol

Domingo passado, um conselheiro do Convergência, membro da Comissão Eleitoral, solicitou retirada da nossa bandeira, que vem sendo usada de longa data, não só no Beira-Rio, mas em todos os estádios que algum dos membros do i9Inter vai acompanhar os jogos.






Após o jogo, nossa coordenadora pediu ao conselheiro coator, a base legal para retirada de nossa BANDEIRA, ele respondeu, e existem dms comprovando isso, que na terça-feira ( 07/10) eles haviam decidido que os movimentos não poderiam colocar FAIXAS dentro do estádio.
Ou seja, ele exigiu aplicação de uma regra, NÃO PUBLICIZADA, e de forma errada.

Calma, a razão do meu riso vem agora!

Esta semana publicaram, pelo perfil oficial do clube, a resolução 001/2014 da comissão eleitoral, diz a resolução: A Comissão Eleitoral, em razão da necessidade imediata de dar vigência às regras relativas à Propaganda Eleitoral e com base no art. 43 do Regulamento, resolve:
Art. 1°) Tornar imediatamente válidas as disposições contidas no art. 42 do Regulamento Eleitoral, devendo estas serem cumpridas, estando os infratores sujeitos as demais regras previstas.

Art. 2°) Esta resolução entra em vigor na data de sua publicação.


Porto Alegre, 15 de outubro de 2014.


Genteeeeeeeeeeeee! Olha como o i9Inter esta importante!!!!! Fizeram uma resolução ESPECIALMENTE para coibirem nossa BANDEIRA no Beira-Rio!!!!


Não tem problema!!!!! 

Inter terá 5 jogos fora do Beira-Rio, e nos estádios adversários a censura da Comissão Eleitoral não nos alcançará.... 
#sintomuito


Continuando a falar sobre política Colorada, o desespero é tanto que esqueceram de ler que no artigo 41, anterior ao artigo que entrou em vigor esta semana, está o prazo de vigência do regulamento eleitoral, diz ele: Art. 41 – A normatização relativa à propaganda eleitoral valerá de 01.11.2014 à 13.12.2014.

Ah! E para enquadrarem a nossa BANDEIRA, fizeram algumas alterações...O que diz o artigo 42, do regulamento eleitoral?
Art. 42 – É vedado:
I – a ação ou propaganda de qualquer natureza junto às Mesas Receptoras, bem como a chamada “Boca de Urna” no recinto onde se processam os trabalhos, estabelecendo a distância mínima onde tais expedientes possam ser realizados.
II – é vedado a utilização de carro de som, instrumentos musicais, megafones, alto falantes e similares, no complexo Beira Rio e arredores num raio de 2 quilômetros.
III – é proibida a ação de manifestação de Torcidas Organizadas no recinto onde o pleito estiver se realizando.
IV – é proibida a execução de qualquer expediente que ameace a liberdade de voto ou que dificulte o normal desenvolvimento dos trabalhos.
V – é proibida a colocação de faixas, cartazes ou qualquer outra placa alusiva a chapas ou movimentos em dia de jogos, sejam eles oficiais ou não, dentro do estádio Beira Rio.


E o artigo 43, que embasou a tal resolução 001/2014, que deveria se chamar resolução i9Inter, já que foi em nossa homenagem, né?

Diz o seguinte: Art. 43 – Além das vedações contidas no art.42, a Comissão Eleitoral poderá disciplinar outras restrições ou vedações.

Resumindo, cabe recurso! hehehehe
Pois eles deliberaram sobre data, que está no artigo 41 e não no 42, o 43 fala de novas vedações, não de antecipação de vedações.

O mêdo, a pressa e outras coisas que até prefiro não escrever, fazem as pessoas mostrarem sua verdadeira cara...


ação no Parcão

Nosso jurídico consultou Comissão Eleitoral, sobre uso de nossa bandeira, a resposta? A esperada!!! Dentro do estádio, nossa casa, o Beira-Rio, não podemos desfraldar a bandeira do nosso grupo político...Mesmo com o enorme símbolo do Sport Club Internacional que tem nela...


Censura pegandooooooo!!!!!!!



domingo, 5 de outubro de 2014

Põe na conta do Abel!

E ontem o INTER tinha a chance de encostar na liderança no confronto direto com o Cruzeiro no Mineirão. Mas, graças a covardia do nosso treinador, o INTER perdeu e praticamente dá adeus ao sonho do tetra.

Por essa a torcida colorada não esperava. Ao invés de simplesmente escalar Valdívia no lugar de Sasha, Abel Braga colocou Alex na reserva e formou o time com três volantes: Wellington, Willians e Aránguiz. Um verdadeiro ato de covardia. Com essa formação o INTER se apequenou e viu o Cruzeiro deitar e rolar e fazer 2 a zero na primeira etapa. A equipe colorada voltou para o segundo tempo com o Alex, que fez o gol de honra do INTER. Com a entrada do meia o INTER melhorou e muito. Nem parecia aquele time ridículo do primeiro tempo, mas a reação colorada não foi suficiente para empatar o jogo.

Foi muito mais do que uma derrota. Foi o fim do sonho do tetracampeonato brasileiro em 2014. E mais uma vez, a culpa foi do Abel Braga. Como se não bastasse toda a má vontade nas disputas de Copa do Brasil e Copa Sul-Americana, agora no Brasileirão o comandante colorado teve essa atitude pequena e covarde. Por muito menos, vários treinadores deixaram o cargo. Quando foi apresentado no início da temporada, Abel prometeu que daria um título nacional para o INTER. E pelo jeito vai ficar só na promessa.

Agora só nos resta esperar e torcer para que o INTER ao menos conquiste a vaga no G4. Não podemos deixar mais esse feito escapar por entre os dedos.

segunda-feira, 22 de setembro de 2014

Ôôôôô, o Nilmar voltou !!!!

Como grande maioria dos torcedores ADORAMOS essa nova/velha contratação, o plural refere-se às bloguistas Lúcia Bastos e Luciana Michel.

Desde acompanhar as negociações, por informações de amigos que tem contato com o atleta, até irmos atrás das informações da situação jurídica dele com o clube do Quatar, nós fizemos a nossa parte para tentar monitorar e saber mais sobre essa contratação!

Daí na hora que ele seria apresentado, pretendíamos estar presentes para fazer uma cobertura nossa para vocês!
Então procuramos nos cadastrar junto da assessoria de imprensa, como fizeramos nas apresentações de outros atletas contratados. Nossa presença foi vetada por não sermos da imprensa formal, apelamos então ao Presidente Luigi, que prontamente acolheu nosso pedido.

Então, rumamos para o Beira-Rio, dentro do horário marcado para o credenciamento acessamos a sala de imprensa, já estávamos sentadas, quando um segurança veio nos retirar doo local, por ordem de um funcionário do clube, tentamos conversar com esse funcionário, sem sucesso. O conselheiro Alexandre Mussoi Moreira, ouviu a conversa, fez contato com o Presidente, e fomos autorizadas a permanecer na coletiva.

Alguém já disse: "Quer conhecer alguém, dê poder a essa pessoa". Não precisa ser grande poder. As pessoas fazem questão de parecer mais do que realmente são? Devemos estar enganadas.

Bom, não fizemos fotos COM Nilmar...Fizemos esses vídeos com a coletiva, aproveitem, é Nilmar falando, não é nenhuma versão das palavras dele: 

Apresentação do Nilmar - 1ª parte



Apresentação do Nilmar - 2ª parte





Nossa opinião? A menos que seja um EXCELENTE ator, Nilmar esta empolgado de estar voltando!
Pontos altos da entrevista: 1) Quando disse que nesta terceira passagem pelo Inter espera conseguir entrar no rol de ídolos do clube = humildade mode ON; 2) Quando contou da filha ter sido associada ao Inter com 1 hora de vida e depois de crescida pedir para ver o Pai jogar pelo time que ela é sócia = pressão familiar mode ON; 3) Quanto contou que jogar no Beira-Rio lotado vai devolver adrenalina de jogar futebol = empolgação mode ON.

Presidente Giovanni Luigi, OBRIGADA pela atenção e carinho, conosco, autorizando nossa presença na entrevista que era restrita a imprensa.


domingo, 21 de setembro de 2014

Vitoria do INTER e dos contestados

Boa tarde, colorados!
Ontem debaixo de chuva o INTER venceu o Atlético-PR por 1 a zero e, dos seis pontos que disputou na última semana longe de POA, conquistou quatro. Nada mal levando em consideração a má fase que a pouco tempo assolava a equipe colorada.

A vitória não foi apenas do INTER, mas também dos contestados Dida e Rafael Moura. Enquanto um segurou tudo lá trás, o outro finalmente desencantou e fez o gol da vitória. É claro que esse fato somado a forte chuva que caiu em Curitiba, rendeu piadas nas redes sociais.

A atuação não foi de luxo mas na situação em que o INTER se encontra, o que importa é ganhar. Com a vitória conquistada ontem, o INTER está a três jogos sem vencer. Esses são os efeitos que causam um campeonato longo, disputado e desgastante como o Brasileirão. Um time que há pouco tempo estava em crise e há um bom tempo sem vencer, logo em seguida, ao engatar alguns bons resultados, já está invicto. O mais difícil de tudo é manter essa boa sequência. São poucos os times que conseguem empilhar vitórias e abrir larga vantagem em cima dos adversários. O Cruzeiro deste ano é uma rara exceção. Se formos analisar os outros times que estão no G4 e arredores, vemos que até eles sofrem derrotas em sequência e tropeçam diante de times de menor expressão.

O próximo desafio colorado é contra o Criciúma no Beira-Rio. Esperamos que o INTER conquiste mais uma vitória. Até porque para conseguir se manter no G4 é fundamental que o INTER retome aquele ótimo desempenho que tinha no Beira-Rio no início do campeonato.


domingo, 7 de setembro de 2014

O que restou!

Bom dia, colorados!
Hoje é dia de torcer pelo INTER na única competição que nos restou: o Brasileirão.
Visto que nosso treinador abdicou claramente da Copa do Brasil e da Copa Sul-Americana, o INTER tem a OBRIGAÇÃO de conquistar uma vaga na Libertadores de 2015. O ideal seria o título, mas esse parece estar cada vez mais longe.

É lamentável ver um clube da grandeza do INTER disputando apenas um campeonato quando poderia estar disputando dois, sendo um deles uma competição internacional.
O saudoso Fernandão tinha razão quando disse que o INTER entrou em zona de conforto. E isso é válido não somente para os jogadores, mas também para a direção e a comissão técnica. Nunca vi tanta má vontade para disputar competições paralelas como na atual temporada. Alegar que disputar duas competições é desgastante é algo inadmissível, pois o elenco e a comissão técnica são muito bem pagos para cumprir com suas obrigações. Não quer disputar muitos campeonatos ? Então vá treinar/jogar em algum time de terceira ou quarta divisão. O INTER é GIGANTE e seus jogadores têm o dever de entrar em todas as competições pensando em conquistar títulos.

E nosso capitão D'Alessandro ainda comparou a situação do INTER com a situação do Grêmio. É óbvio que é bom ganhar o campeonato estadual, mas isso apenas não basta! Temos que reafirmar nossa superioridade em relação ao Grêmio não apenas ganhando o Gauchão, mas também conquistando títulos nacionais e internacionais. Se começarmos a ter como base o desempenho do nosso coirmão nos tornaremos tão medíocres como eles se tornaram nos últimos anos. Não é porque o INTER já conquistou as mais importantes competições que então o time colorado poderá ser um mero figurante em competições nacionais e internacionais. SE NÃO TEM GANA DE VESTIR A CAMISA COLORADA E NEM PRETENSÃO DE CONQUISTAR ALGUM TÍTULO, PEDE AS CONTAS! Tem muito jogador por aí que adoraria vestir o manto vermelho e gravar o seu nome na história colorada.

E hoje, o único resultado que a torcida merece é uma vitória. E de preferência com uma boa atuação.