sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

Adeus ano velho, Feliz ano novo!

Como não podia deixar de ser, fim de ano sempre fazemos um balanço de tudo que aconteceu de bom e de ruim... e com o Inter não seria diferente.
Tivemos alegrias e tristezas!
Tivemos a linda vitória na Libertadores e a amarga derrota no Mundial, mas como em tudo que acontece na vida aprendemos mais com as derrotas do que com as vitórias.
Terminamos o ano como o nº1 no ranking da Conmebol. Nossa categoria de base fez sucesso no Brasileiro Sub-23.
Tá vendo, basta a gente parar pra observar e ver que nosso 2010 foi muito bom!
Agora basta a gente ver como será 2011, já que além do Brasileiro tem Recopa e mais uma Libertadores.
Como meu último post do ano desejo a todos os Colorados e Coloradas um 2011 CAMPEÃO... a gente se vê ano que vem!

quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

2010 - Hora do Balanço

É, mais um final de ano, tempo de dar aquela avaliada em tudo o que passamos com o Inter e torcer para que aquilo que não foi bom, possa ser corrigido no ano seguinte. Troca de técnico, título, derrotas... é hora de avaliar tudo!

Em Janeiro, com o uruguaio Jorge Fossati, ainda conhecendo e tentando por em prática a sua filosofia, tivemos nossa estréia no Gauchão contra o Juventude. Entusiasmados, goleamos de 5x0 em casa. Que resultado excelente para o pontapé inicial de Fossati e Equipe, já que nossa segunda partida pelo gauchão seria o famoso clássico Gre-Nal. Esse mesmo Juventude, que eliminariamos mais adiante, nas 4as de finais.

Fevereiro, foi o mês que começaram os rumores de uma possível vinda de Gato Pato Abbondanzieri, um dos goleiros mais conhecidos da história do Boca Jrs da Argentina. Encaixava-se perfeitamente no perfil do goleiro que precisavámos. Seguro, experiente, possuidor de conhecimentos valiosos sobre competições como a LA. Um must! 

Também neste mês, tivemos nossa tão esperada estréia na Copa Libertadores, onde ganhamos de virada. Começava aí nossa empreitada rumo ao Bi da América.

 
Março, depois de algumas desavenças entre direção e Fernandão, nosso ex-jogador pedia para voltar. Mas não foi dessa vez e ele foi parar no São Paulo. Houve até algumas campanhas de torcedores, que não foram levadas adiante. Aqui Fossati já começava a deixar a torcida um pouco mais desconfiada. 

Comemoramos a vitória de um super colorado no BBB, Dourado, que vestiu nosso manto em rede nacional. 

Abril, o tempo andava feio para nosso Jefe querido, que tentava nos acalmar, mas que a cada jogo nos deixava ainda mais tensos, pela maneira que nossa equipe vinha avançando, aos trancos e barrancos. E haviamos chegado a uma situação que já não dava mais para voltar atrás no Gauchão. Era ganhar ou ganhar. Mas começamos ganhando do Cerro por 2x0 pela Libertadores. Mismo de euforia e medo!

No mës seguinte, Maio,estavamos à procura por um novo técnico, onde até o nome de Felipe Scolari surgiu entre tantas sugestões. Pobre Fossati, embora tivesse tentado, não conseguiu levar adiante.

De Junho a Julho tivemos uma parada brusca nos campeonatos para acompanharmos a Copa Mundial na África do Sul. Tudo para deixar nossos ânimos aflorados, já que a última partida havia sido contra o São Paulo. Nosso rival novamente na Libertadores. Parece que 2006 se repetia! Na volta, atropelamos mais uma vez os Sãopaulinos e mais uma vez estavamos mais perto do Bi! Vinha aí o técnico Celso Roth!

Agosto! MÊS IMPORTANTÍSSIMO para nossa história. Mês da conquista do nosso 2º título da Libertadores. 

Esse é um breve balanço do que passou, pois se eu fosse contar o que foi ter visto meu time jogar aqui na Argentina, ter visto aquele jogo inesquecível contra os Estudiantes que marcamos aos 46 do segundo tempo, quando a torcida rival fazia a festa... iih, precisaria uns 3 posts.
Mas foram nos últimos meses que nossa equipe aprontou com o coração colorado. Vinhamos jogando ora bem, ora mal, não tinhamos estabilidade, de novo, uma montanha-russa. Haja coraçào! Essa era nossa equipe do Mundial!

Pelo que veio jogando, obviamente não chegamos às finais do Brasileiro, mas os Colorados ainda esperavam ansiosos pelo Mundial. Apesar dos pesares e assistindo jogo como única representante Colorada no meio de um monte de argentinos, enquanto trabalhava, posso dizer que achei que jogamos bem. Nos faltou sorte nos chutes a gols. Talvez eu estivesse muito nervosa, tanto quanto os jogadores, mas a derrota doeu. Ainda mais porque era o último jogo da carreira de Abbondazieri que teve seus altos e baixos, durante o ano, não só no Inter, como no Boca.

Espero que em 2011, como todo torcedor Colorado, revejam os erros e aproveitem essa época de contratações para buscar mudanças! Será mais um ano de conquistas e com vinda já confirmada à Argentina. BIEN!

Uma grande saudação colorada e que todos tenham uma ótima virada de ano! Que venham novos títulos e novas festas coloradas!

quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

Sport Club Internacional o melhor clube do futebol brasileiro da década!

Neste último domingo, dia 26/12, saiu uma reportagem sobre um assunto que nós, colorados, já sabíamos:

O Inter é o melhor clube do futebol brasileiro da década!
 

Em segundo, 21 pontos atrás, aparece o São Paulo.
Segue o link, com a reportagem do ClicRBS: Ranking da Folha de São Paulo
 
Depois de uma "derrapada" totalmente inesperada no Mundial, notícias como esta vem elevar novamente nosso moral, vem para mostrar que estamos no caminho certo - o das vitórias e títulos!

Só pode sofrer derrota quem está lá para jogar!
E tem mais...
MAZEMBE, 1 vez...
Acontece!



MAS-EM-B, 2 vezes...
Só "eles"... hehehe



Saudações Coloradas!

Aproveitando:
Desejo a todos os colorados um 2011 de muitas vitórias, dentro e fora de campo!
E que, de preferência, elas venham acompanhadas de muitos títulos!


Texto da Bloguista Luciana Michel

terça-feira, 28 de dezembro de 2010

Refletir é bom

Chegando esse tempo de reflexão, paramos para analisar o ano que se passou.

O ano do S.C. Internacional, apesar de termos perdido o mundial de uma forma que nos deixou decepcionados, foi bom. Qual o maior título que um clube pode ganhar na América? A Libertadores. Qual clube teve esse êxito em 2010? O INTER.

A mídia faz com que as grandes conquistas pareça, pequenas perto de um campeonato gaúcho. Como pode essa 'imparcialidade' toda hein? Fico abismada com tamanha falta e responsabilidade e ética de alguns meios de comunicação. Nossa derrota para o Mazembe é um exemplo. Parecia que isso era o maior absurdo do mundo inteiro, o maior fiasco, a maior vergonha... poxa, não é bem por aí. Quando um clube cai 2 vezes para a segunda divisão, volta no tapetão, faz DVD de 'façanhas contra o poderoso Náutico', daí não é vergonha e afins, isso é glória. Acho que inverteram muito o léxico da Língua Portuguesa...

Estou muito feliz pelo Inter, mesmo ainda triste por essa derrota, estou feliz. Espero que em 2011 possamos ser ainda mais felizes e conquistar o campeonato brasileiro, isso pra mim é quase que primordial. Nunca vi meu time campeão brasileiro, quando ia ver, aconteceu aquela palhaçada em 2005. Em 2011 precisamos vencer também dentro do nosso país.

Amigos colorados de todos os lugares do mundo: desejo um ano de 2011 muito mais vermelho e branco,repleto de amor, paz, harmonia, saúde e união no coração de cada um. Que seja tudo ainda mais vitorioso para todos nós. Seja com o Inter, seja na vida de cada um, que amemos mais, que a gente sorria mais, que a gente possa amar cada vez mais.

Beijão

segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

Poupar menos, jogar mais

Meu último post no blog foi na véspera da estreia do Inter no Mundial, pedi a vitória naquele dia como presente de aniversário. Presente que não veio. Aturei flauta de tudo quanto foi jeito. Agora, quase duas semanas depois, na pós-ressaca Mundial, já não me sinto mais a colorada mais pé frio do mundo. O planejamento equivocado só podia acabar nisso mesmo. Juro que não entendo essa história de poupar jogadores. Que em 2011 se poupe menos e se jogue mais. Mas já passou, o título se foi e tudo voltou ao seu lugar: Internacional Campeão da América, o que não é pouco. A sensação de que se podia ter feito mais ficou, espero que isso sirva de motivação pra 2011.

2010 acaba cheio de expectativas para o ano que está prestes a começar. A mexida no vestiário está começando, oremos para que seja feita a coisa certa! Roth fica, eu não queria. Dizem que o foco não está apenas na Libertadores...Olho no Campeonato Brasileiro... Sei....desse jeito, poupando jogadores...aham!

Gauchão vem aí, Inter B entra em campo...esses sim fizeram a sua parte no ano que passou. Quero o goleiro que deveria ter ido pro Mundial, quero Muriel titular em 2011!!!


Um feliz ano novo a todos os colorados! Que venha 2011!

domingo, 26 de dezembro de 2010

Que venha 2011



O Natal passou e o fim do ano se aproxima,  e é inevitável pensar no ano que passou. Clima de festa alegria e comemorações, nós colorados, que apesar da ressaca "mundialística", estamos felizes e cheios de orgulho do nosso time que é o atual campeão da américa.  resumo do Internacional no ano de 2010. 

Estou de férias em Capão da Canoa e posso perceber este sentimento no rosto dos vários colorados que desfilam com o manto sagrado por aqui. É claro que também avisto muitos azuis, mas com toda a certeza nossos motivos para comemorar são muito mais reais e de maior mérito que o deles. 

Enquanto comemoramos nossas conquistas ou sofremos por uma derrota, tudo através de nossas próprias pernas, os torcedores do nosso rival contentam-se em assistir jogos de outros e torcer para times que nada tem a ver com o deles, para terem o gostinho de comemorar alguma coisa. E tem sido assim nos últimos 5 anos! 

O ano novo vem aí dando inicio a uma nova década, teremos muito o que conquistar neste novo ano e estas conquistas são muito importantes para que tenhamos mais décadas vitoriosas.

Sei que este espaço aqui é para falar do Inter, mas o assunto da vez no rádio e na tv é a tal tentativa de contratação do Ronaldinho Gaúcho pelo grêmio. Olha, tomara que isso aconteça, a muito tempo que o Ronaldinho só faz Marketing, a muito tempo que não joga nada. A única coisa que o grêmio vai conseguir ganhar com a contratação do irmão do Assis vai ser a venda de camisetas e talvez mais algum associado. Aliás dei muita risada agora ao ouvir de um dirigente gremista em uma rádio, que eles querem 200mil sócios. Coitados, só se tiverem 300mil sócios, pois o Ronaldinho vai custar o olho da cara e não vão ter dinheiro para contratar mais ninguém.

Mas voltemos o que interessa, em janeiro teremos o inicio do campeonato gaúcho. O Inter B dará início às atividades no gaúchão que terá novamente dois turnos e duas taças. No primeiro turno será disptado a Taça Piratini e no segundo turno a Taça Farroupilha, novamente àquele que ganhar as duas taças será o campeão, ou haverá um disputa entre os vencedores de cada Taça.

O Inter estréia no gauchão dia  16/01 contra o Cruzeiro de Porto Alegre, o jogo será na casa do adversário. Espero que o gauchão seja o primeiro de todos os títulos que conquistaremos neste ano de 2011.

Estão falando em Luiz Fabiano para integrar a equipe colorada no ano que vem, seria uma boa opção para o lugar do Alecsandro, que ao que tudo indica irá embora do Inter e convenhamos que já vai tarde.

O Ilan foi dispensado pelo Inter, um cara que veio prometendo dar uma cara nova ao clube, principalmente no ataque nosso maior fragilidade, mas por causa da demora em sua recuperação pouco jogou e nada acrescentou, uma pena!  

Para terminar vou citar uma frase que li no Twitter logo depois a nossa eliminação no mundial.
"Meus amigos gremistas tem razão. Tudo volta ao normal no RS, Inter Campeão da Libertadores, grêmio do Gauchão, resumo de 2010." 

Feliz 2011  Colorados


sábado, 25 de dezembro de 2010

INTER para sempre vou TE AMAR!

Sou muita grata aos irmãos Poppe por ter fundado no dia 04 de Abril de 1909 o Sport Club Internacional conhecido como o time do povo e desde que conheci a historia do meu amado Internacional a cada dia que passa tenho mais orgulho de todas as pessoas que passaram pela historia do glorioso são muitos anos de vitorias claro que passamos momentos difíceis, mas nosso gigante soube se recuperar, pois este clube há 101 anos que esta na primeira divisão, onde levantou muitos títulos, Gauchão, Brasileirão, Copa do Brasil, Libertadores BI, Mundial, Recopa, Sul America e muito mais e nos últimos quatro anos é o clube que mais deu títulos Internacionais para seus torcedores.


E 2010 foi um ano ótimo no meu ponto de Vista, pois conquistamos o Bi da America é claro que poderia ter acabado maravilhoso, pois deixamos escapar o Bi Mundial, mas eu acredito que nada é por acaso e se não foi desta vez é que mais a frente teremos muito mais glorias para o nosso amado Internacional.


Agora neste fim de ano que nossos jogadores ficaram de férias por um mês espero que eles curtam suas férias com responsabilidades para em janeiro se apresentarem ao clube com muita gana de títulos, pois nosso Colorado terá um ano de 2011 com muitas competições importantes, pois estaremos em busca do Bi da Recopa, o TRI da Libertadores da America,o TETRA do Brasileirão e com certeza estaremos na briga pelo Bi do Mundial que não conquistamos neste ano que passou,espero que nossa direção dispense os jogadores certos e traga reforços de peso para nosso time, pois o ano vai ser de muitas batalhas e que Deus abençoe nosso treinador, pois a equipe precisara muito do seu empenho e que ele coloque em campo o seu melhor time e que deixe de ser teimoso com algumas atitudes que toma.
Ano que vem estarei no estádio junto com milhares de torcedores apaixonado para apoiar, gritar, cantar, vibrar e torcer como sempre pelo melhor e maior Clube do Rio Grande do Sul, e pras gazelinhas só tenho uma coisa pra falar terceiro sim segundo nunca.


Inter estaremos contigo tu és minha paixão, não importam o que digam sempre levarei comigo minha camisa VERMELHA e cachaça na mão o Gigante me espera para começar a Festa.
Ô Inter sempre vou estar eu te prometo nunca abandonar dale dale dale dale Inter dale dale oooo pelo Rio Grande pelo nosso amor.

sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

Então é Natal...

E qual o presente que você torcedor Colorado espera do Papai Noel?
Pra começar eu queria o Dorival Junior de técnico, mas este já esta descartado, vamos de Celso Roth!
Depois a saída de Alecsandro(apesar de gostar muito dele como pessoa), Wilson Mathias, Guinazú, Índio e Renan. Estes são alguns, no momento não recordo os outros.
E da contratação de um goleiro, um lateral-direito, um centroavante, um ou dois volantes e mais um meia-atacante.
Será que é muito para apenas um bom velhinho?
Brincadeiras a parte, espero que seja convicção da diretoria manter Celso Roth, e mesmo perdendo um ou dois grenais não demitam o treinador. Precisamos de uma equipe bem treinada e competitiva para ganhar esta Libertadores de 2011 e não fazer apenas figuração.
Desejo a todas as colegas e a todos os freqüentadores do blog um Feliz Natal, repleto de muito amor, paz e fraternidade!
Saudações Coloradas.

quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

ABU DHABI

Bom boa noite pessoas 
Estou escrevendo aqui nessa noite para compartilhar com vocês uma historia meio revoltante que acabei de escutar de uma amiga que foi a Abu Dhabi...Uma historia que me envergonha como colorada
Acabei de ouvir um relato sobre uma situação que envolveu uma torcedora que foi o exemplo de superação nesse mundial 2010 o nome Maria Mariza a superação foi ser uma senhora de 70 anos deficiente sem uma perna que foi ate Abu Dhabi para ver seu time do coração jogar o mundial e foi vitima de descaso e ate de desrespeito por parte de (pasme) colorados e tripulação do avião da Emirates
Viajar 15 horas e uma coisa muito desgastante agora imagine fazer isso sendo o que a dona Maria é... Depois de tudo o que o inter mostrou em campo, na viagem de volta dona Maria começou a ser vitima de descaso.
Antes de mais nada estou deixando clara a minha revolta sobre esse tipo de tratamento que ela recebeu...Bom depois de uma demonstração de muita ma organização no embarque depois de muito custo dona Maria conseguiu finalmente entrar no avião...e em vez dela ser colocada em um assento conforme suas necessidades ela iria ser posta praticamente no final do avião sem amparo nenhum e praticamente deixada as traças em um banco mega desconfortável sem ajuda nenhuma e sendo tratada como uma qualquer
Minha amiga indignada com essa atitude foi ate os comissários de bordo pedindo para que ela fosse posta na primeira fileira do avião de acordo com a lei...e também numa questão de bom senso...Depois de ser avisada que eles não poderiam fazer nada por ela minha amiga foi pedir com toda boa vontade para que algum colorado cedesse o lugar na primeira fileira e trocasse com a dona Maria para que ela tivesse um pouco de conforto...o que os colorados responderam...o que que uma senhora de 70 anos que não fala inglês sem a perna veio fazer aqui
Infelizmente esse tipo de coisa continua acontecendo mesmo com toda a informação que temos hoje em dia e o final das contas a dona Maria mariza acabou ficando ao lado da minha amiga sendo amparada por ela ate a volta para São Paulo
Fica aqui a minha revolta e o meu desaprovamento com a atitude principalmente dos colorados que se intitulam torcer para o clube do povo.

Texto da Bloguista Nadia Passareli.

A Década Vermelha!

40 do segundo tempo. A bola entra no canto direito. 

É a consumação de uma das maiores derrotas da história.  
Nos olhamos chorosos, incrédulos e silenciosos. 

Mas há barulho lá foram. São buzinas, foguetes, gritos, gargalhadas. 
Passamos a receber mensagens de celular. Emails. 
São nossos adversários comemorando a sua maior conquista neste século: a nossa estrondosa derrota. 

E eles têm motivos de sobra para isso. Pois é, também, o ponto final da mais vitoriosa das décadas. 

A mais colorada das décadas.

             Nunca um clube gaúcho ganhou tanto, em tão pouco tempo. Libertadores, recopa, sul-americana, libertadores de novo, mundial. Ganhamos tudo e de TODOS...

Em tempos de carreata pelo quarto lugar em um brasileiro, vamos colocar ai também a final da copa do brasil e os tres vices campeonatos em quatro anos. 
Tudo isso, aliado aos 107 mil sócios fizeram do teu clube, colorado, o mais vencedor das Américas neste início de século.  

O mesmo clube que lá nos idos de 70 também foi o dono da década,  o primeiro gaúcho a romper as barreiras do estado, conquistar o Brasil três vezes (fato imbatível até hoje no RS) e chegar a uma final de Libertadores. 

Entenda a comemoração alheia como um dasafogo de quem te viu ganhar tudo isso, sem ganhar absolutamente nada.

             Portanto, vista tua camisa com orgulho. Estufe o peito. 

Ninguém é maior do que tu nesta década. 

Os dvds que tu assistes são de outro nível. 
Não um feito do segundo escalão. 

Prepare o teu grito. Fevereiro vem ai. E a batalha recomeça. 

Serás tu, o campeão, contra mais de 30 desafiantes. 
Todos querendo o teu posto. 

Se aqueles que passaram pela suprema humilhação do rebaixamento duas vezes dão gargalhadas, que motivos tem tu para chorar?

           Lembre-se: o gigante te espera, para começar a festa, pois 

NADA VAI NOS SEPARAR!


Texto do Amigo Everton Isoppo Rocha, Conselheiro do Sport Club Internacional.

quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

Técnico é refém de resultado !


Olá , Colorados e Coloradas !


Foto by Jefferson Botega



Então,tá ! O Internacional renovou com o técnico Celso Roth. (O.O)  
O contrato é demais um ano.

Não quero ficar na mesma tecla, mas o Roth não acrescentou nada para o Internacional.
Quem nos deixou na semifinal da Libertadores foram os méritos do Fossati,que eu não gostava. Ele mais errava do que acertava,mas pelo menos vencia.

Roth só teve o trabalho de escalar o time e substituir ordenadamente os jogadores.
No Brasileiro, fez um mamão com açúcar, estávamos na briga pelo título, mas o foco era no Mundial, então começamos a perder, empatar e ficar moles em campo. 
 
Enfim, acho que a direção não devia ter renovado com ele.

Sei,que a culpa não foi dele no Mundial, mas quem monta o time,escolhe os esquemas e substituí é o técnico. 
O título da postagem não convém muito com o que eu falei, mas foi uma frase que aprendi com o Adroaldo Guerra Filho,Guerrinha.  
E que com certeza, se o Roth não levá-la a sério, ele sairá do time antes da metade do ano que vem.

Nós temos mais uma Libertadores para disputar ano que vem, temos que ter raça para jogar , como fizemos esse ano ! 

Estamos RUMO AO TRI ! 

E não queremos perder !

O ano de 2010 foi de glórias coloradas e queremos repetí-las em 2011 !
Não devo aqui dizer Fora Roth, só devo esperar para ver se um ano novo renova o gás dele !

D'Alessando : Estão dizendo por aí, que o meio poderá sair do Internacional, mas Newton Drummond disse que a saída de D'Ale é muito difícil.
Campeonato Brasileiro sub20 : Ontem, o Cruzeiro ganhou nos pênaltis em cima do Palmeiras.
Enfim, é isso coloradagem !

RUMO AO TETRA (Brasileirão), TRI (Libertadores) E BI (Mundial) ! 
 

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Recomeçar...

Boa tarde coloradagem!

É, não foi uma semana muito boa pra nós, colorados, mas vamos pensar no lado positivo: somos o 3º melhor time do Mundo!
Esse Mundial não foi do Inter, acredito que faltou um pouco de força, luta, concentração, e mais... muito mais.
Minha tristeza não foi tanta logo após a partida da terça passada e sim na quarta logo cedo, ao passar na frente do Gigante da Beira Rio e ver que a manhã parecia tão triste. Na terça, ver o jogo ao lado dos amigos de fé me deixou segura e que parecia estar num pesadelo e, logo após a partida, saimos para conversar e caminhar. Mal sabia que minha tristeza seria pior na quarta, a dita 'ressaca pós-derrota'.
Durante toda a quarta cinzenta, vi pouquissímos colorados com suas lindas camisas vermelhas (sim, vesti minha bela polo listradinha!), ostentando um orgulho imenso de ter chegado até o Mundial, com uma taça de BI CAMPEÕES DA LIBERTADORES na bagagem.

Estamos muito acostumados, nos últimos anos, a ver o Internacional levantado as taças de diversos campeonatos e não a ver derrotas tão tristes quanto aquela.
Não acredito que houve um fiasco por parte dos jogadores e nem oba oba por parte de nós, torcedores, e sim uma confiança tremenda de que mais uma taça estaria na nossa estante. Fiasco é festejar vagas e afins e não idas ao Mundial. Temos orgulho do nosso Glorioso Internacional e sei que essa derrota amarga foi um gosto de quero mais pra 2011 e que muitos viraram mais colorados que antes, pois viram nosso Inter levantar a cabeça e seguir em frente, recomeçar.

VAMOS LÁ COLORADOS, LEVANTEM A CABEÇA!
RAÇA E AMOR A CAMISA, SEMPRE!

Dor e aprendizado

Não posso deixar de registrar a imensa dor que ainda sinto devido a nossa desclassificação na semana passada. Parece que acordei de um pesadelo, que a qualquer minuto vão me dizer que fomos campeões pela segunda vez... outro sonho! A vida de torcedor é assim mesmo. Vivemos cada emoção junto com nosso clube, cada momento de alegria e nos fazemos ainda mais torcedores nos momentos de dor e tristeza.

Como é bom não precisar ir até o fundo do poço de uma série B para se reerguer. 

Cada vez que o S. C. Internacional passou por momentos ruins, não foi ao martírio final, conseguiu dar a volta por cima antes. Isso por quê???? Porque tem uma torcida louca, apaixonada, capaz de vender carro, moto, casa para acompanhar o amor que nos alimenta até o outro lado do mundo, mesmo que seja para ver uma derrota. O Verdadeiro torcedor colorado é o que na manhã seguinte a um acidente de percurso, veste a camisa com orgulho, com amor e com confiança.

Foi o que fiz. Na quarta pela manhã, ao sair para a escola que leciono, vesti meu manto sagrado e ao chegar na escola já esperava zoação e afins. Bater no adversário quando ele está emocionalmente no chão é fácil, difícil é discutir em posição de igualdade. Após ouvir as brincadeiras normais da ocasião, até porque não sejamos hipócritas, na década de 90 fazíamos isso também... somente disse: " A derrota dos fortes é a alegria dos fracos", e saí, de cabeça erguida, de camisa ostetada com muito mais amor.

Hoje, mais calma, percebo que essa derrota foi necessária. Mesmo odiando a ideia de perder. O Inter não mereceu ganhar. No futebol às vezes, não é muito por merecimento, já vi muito clube vencer sem merecer, mas dessa vez aconteceu o que estava traçado. Um planejamento mal feito, há tempo nosso time estava desandando... precisamos ter essa consciência também.

'Bola pra frente, cabeça erguida', já dizia a canção. Muitas conquistas teremos. Após uma tempestade, sempre brilha um sol ainda mais bonito, mais radiante...


Cada dia mais Colorada, mais apaixonada pelo clube do povo!

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Amor que nunca morre!

Ainda sobre os destroços de semana passada, escrevo esse texto, ainda sem notícias da classificação final do colorado e lamentando sim a derrota para o Mazembe da África na terça feira dia 14, que não muito cedo sairá de nossa memória.

O que insiste em matutar em minha cabeça e acredito que na da maioria, é, qual foi o real motivo da derrota. Sim existe um motivo em específico. Talvez o nervosismo da estreia, o azar ou as finalizações em cima do goleiro....enfim são muitos os desfechos citados, mas cada um, acredita no que achar mais convincente.

Perder faz parte da rotina de todos os times de futebol, é algo normal, porém, para muitos é o verdadeiro fim do mundo, para outros é uma alegria incontida, gozações e mais gozações surgem de todos os cantos, por que afinal comemoram, só da derrota dos outros mesmo...

O inter mostrou que tem uma torcida que apoia e não se intimida diante dos "fracassados". Algo inédito no futebol, já que a maioria só pensa nas conquistas e se esquece que são nesses piores momentos que o time mais precisa de forças. E é isso que devemos fazer, levantar a cabeça e mostrar que não nos deixamos levar pelas "chacotas" existentes por ai, agora mais fortes do que nunca. 

Não fomos só nós que ficamos tristes com essa derrota na semi-final para um time até então desconhecido, que agora se tornou o heroi do torneio e com méritos. 
Os jogadores, principalmente Rafael Sóbis, parecia que para ele o mundo tinha acabado, ele que era para ser o cara que iria trazer o Bi do Mundial para Porto Alegre, acabou sendo parado pela inexperiência, porém, raça e garra da zaga e do goleiro africano.

Foi um jogo que com certeza marcou os 101 anos de história do Inter. Mas somos os campeões da América, ganhamos um título internacional por ano praticamente, não podemos esmorecer diante do primeiro obstáculo, precisamos encarar isso como uma lição, analisar aonde pecamos e treinar para que isso melhore.


Porém, agora fim de ano, e as propostas por jogadores voltam a surgir, acredito que sem adiar,  nossos "xodós" sairão do time. 
Cholo Guiñazú, D'alessandro, Giuliano... esses são nomes cotados para sair, infelizmente são esses ;x é doloroso ter que aceitar, pois, sabemos que jogadores não ficam muito nos clubes, muitos deles, não se entregam como antigamente, e acabam se interessando somente no dinheiro...

Bem, vamos ver qual será o desfecho e o rumo que eles vão tomar.

Boa noite, saudações coloradas um Feliz Natal e um ótimo ano novo á todos.

INTER, UM AMOR QUE NUNCA MORRE!

Há males que vem para o bem

Quase uma semana após a eliminação da disputa do título do Mundial, após certo tempo cheguei a conclusão de que, por mais dolorosa e cruel que tenha sido a eliminação, como diz minha mãe, há males que vem para o bem. Mesmo que ainda não possamos enxergar...

Há diversas especulações sobre quem vai entrar e quem vai sair do Internacional. O prepotente e NADA talentoso Alecsandro me faria MUITO feliz se fosse o primeiro a deixar de desonrar o manto sagrado, que ele nem ao menos merece vestir. E DAÍ que ele marcou dois gols na disputa do terceiro lugar? GRANDE COISA! Deveria ter marcado antes. Ele disse que todo time gostaria de ter um centroavante como ele. Um centroavante como? Um cara que chuta e cabeiceia 20 vezes para marcar UM GOL? Um cara que ERRA e ainda se acha o maior centroavante do Brasil e até quem sabe do mundo. Me irrita ler as suas entrevistas. Podem me chamar de corneteira se quiser. Ele não tem talento e ponto final. Não tem, não convence, não empolga! Se eu tivesse grana PAGARIA só para não vê-lo mais jogar no Inter. Ele disse que ficou para a história do Inter. Só se for como o MAIOR perdedor de gols que já vestiu a camisa colorada. Os fãs do cone que me perdõem (é, vocês três que gostam desse cara, não deve ser mais do que isso).

Falo do cone não porque acho que ele seja o único responsável pelo fracasso do Mundial. O fiasco foi responsabilidade de todos. Porém, mas de uns do que de outros. A zaga, mais uma vez, foi lamentável. Mas, sinceramente, já era um tanto quanto previsível. O time teve dificuldades em jogos bobos do Brasileirão. Mas ainda sim não esperava que o Inter perdesse sem lutar. O triste de tudo isso foi ver uma certa apatia de alguns jogadores, que simplesmente não honraram a torcida linda que gastou horrores para vê-los jogar com garra...

Gostaria de deixar registrado meus parabéns para esse torcida. Torcida que nem mesmo a apatia e a derrota conseguiram calar. Essa torcida que deu um espetáculo no sábado.

E quem venham as mudanças necessárias! E que a primeira delas seja o Roth. Alguns poderão dizer que ele ganhou a Libertadores. É, ganhou. Mas ela foi entregue em suas mãos. Por bem, ou por mal, quem nos classificou foi o Fossati que, na minha opinião disputou o jogo mais difícil da Libertadores, Inter e Estudientes. Quando vencemos aquele jogo eu soube que não poderia mais dar errado.  Desde o Brasileirão acompanho seus  insucessos e insistências. Certas verdades sobre ele são visíveis até mesmo para o Jatobá, como aquele pênalti em 2005. Roth é outro que também não tem a humildade de assumir seus erros!

Mas de uma coisa eu sei. SÓ É DERROTADO QUEM LUTA. E nossas derrotas sempre são em grandes disputas. Decepções de quem disputa algum título, diferente de outros times que só sabem cornetiar. Na maioria das vezes são as vitórias que nos cercam. Temos a força para chegar e disputar algo. Não comemoramos vagas e acessos a primeira divisão. Nossas vitórias foram todas conquistadas no suor, e não no apito. Ano que vem tem Libertadores. Vamos que vamos, meu Inter. Tu és o grande AMOR da minha vida, não importa o que acontecer. Por ti já chorei de tristeza algumas vezes, como na terça. Mas chorei de alegria muitas vezes mais. Minha vida se divide em antes e depois do Inter. Desde 1999 é assim. É que nem casamento. Na alegria e na tristeza. Na saúde e na doença. Até que a morte nos separe! Se bem que, "até lá no céu eu serei Inter" ♪♫.

♥ ♪♫ "Levamos. A nossa paixão. Sempre no peito. De um campeão. Oh Inter! SEMPRE vou estar. Eu te PROMETO. NUNCA ABANDONAR. E dale dale dale Inter. Dale dale Oh! Pelo Rio Grande! Pelo nosso AMOR!" ♪♫ ♥

Saudações cada vez mais coloradas!

domingo, 19 de dezembro de 2010

E assim seguimos...

Fiquei pensando a semana toda se deveria ou não escrever sobre nosso deslize no Mundial ou se deveria mirar meu texto para as futuras competições, Mas... Não tem como ficar alheia ao que aconteceu.

 Infelizmente perdemos logo na nossa estréia no Mundial. Perdemos, como disse nossa querida Renata Fan no programa Jogo Aberto: "Perder está na regra" e completo, só perde quem joga e neste caso só joga quem é Campeão da América (Libertadores).

Sei e tenho muito orgulho de saber que no Inter muitos jogadores são também torcedores colorados, Tinga, Sobis, Bolivar entre outros, por inúmeras vezes já se declararam Colorados! Se pra nós que nada poderiamos fazer a não ser rezar e torcer foi extremamente lamentável, dolorido e inaceitável... Fiquei então pensando como foi tudo isso pra eles... os únicos que poderiam ter mudado esta situação... Visitando outros blogs durante a semana me deparei com uma sequência de fotos do nosso atacante Rafael Sobis, fotos que responderam aquilo que me perguntava... 



Fonte by Jefferson Botega
  
Ao ver essas fotos meu coração doeu... Ele (Sobis) sentiu como muitos de nós, desabou em lágrimas e foi consolado... talvez tenha sentido mais pois além de ser torcedor do clube que joga ele estava em campo e pretendia um final diferente.... e  por ver isso, saber e sentir o quanto eles também queriam, me doi ver tudo que está acontecendo.


 Depois de terça-feira o Clube, os jogadores, a comissão técnica, os torcedores... Todos nós fomos bombardeados com chacotas, piadinhas de mal gosto, frases prontas, torcedores de times rivais e ate aqueles que não sabem o que está acontecendo mas que gostam de "pisar", sem falar os questionamentos partindo da imprensa "azul, branca, verde, amarela...." que nos tripudiou, vendeu  nossos jogadores, demitiu nosso técnico engrandeceu a comemoração gremista diante da derrota colorada....

A semana acabou, as piadas diminuem a cada dia, o Inter ganhou o jogo contra Seongnam e ficou com o 3º Lugar no Mundial de Clubes FIFA.
Diante de tudo que vimos e ouvimos fica uma certeza: O amor pelo Internacional está acima de qualquer coisa, julgamento, derrota ou situação... Nós somos parte do Clube Campeão de Tudo, de história e amor imensurável, nós comemoramos as vitórias e aprendemos nas derrotas, abaixamos a cabeça para sermos coroados com medalas e quando tropeçamos  levantamos a cabeça procurando um novo caminho... 

 Vamo Vamo Inter... 



Antes de terminar, gostaria de parabenizar os cerca de 10 mil colorados presentes em AbuDhabi para apoiar o Internacional no Mundial... Representaram com amor e apoio todos os colorados... e como não podia faltar, deram uma situada nos nossos adversários... 

Fonte: Lancenet


Primeiro da América, Terceiro do Mundo....



Este é o resumo do Internacional no ano de 2010. Número um da américa e numero três do mundo, nada mal não acham, tem gente que se contenta em ser o 4º do Brasil! Mas este discurso não convence, queríamos mais, podíamos mais, o 2º lugar no mundial era o mínimo que este clube e esta torcida mereciam. 

Assistir aos dois jogos ontem, deixou ainda mais os colorados com o coração partido,  estamos segurando firme para que não transpareça a decepção e que o deslize no Mundial não  ofusque a grandeza do Bi na Libertadores, mas não está sendo fácil.

A decisão do terceiro lugar com a vitória de 4x2, serviu para mostrar a grandeza da torcida, para mostrar a união dos atletas e para confirmar que o Alecsandro só faz gol quando estes não servem para nada. 

Aquilo que todos víamos e ressaltávamos durante o ano, principalmente quando pedíamos alguém que tivesse o dom de fazer gols, um matador, veio por se confirmar no mundial e foi, para mim, o grande pecado do nosso clube. Pois, como se disse várias vezes, só eu falei umas mil, de nada adianta ter posse de bola e chegar na área, se não tem quem a coloque  para dentro. Está aí o resultado do pouco caso que o Inter teve em relação a isso e da teimosia em manter o Alecsandro como titular absoluto.

Não me entendam mal, não acho que o Alecsandro foi o vilão da história, ele apenas completou um time que parecia estar ainda no campeonato brasileiro se poupando para o mundial. Tive o mesmo sentimento quanto ao time, como na copa de 1998 quando perdemos a final para a França, a frase "o que que está acontecendo?", não saía de minha mente.

E quanto ao Mazembe? Quem leu meu post no último domingo viu e quem não leu fique a vontade..... eu falei que temia o Mazembe, principalmente quanto a postura dos jogadores. Infelizmente o meu medo tinha fundamento, mas mesmo temendo eu apenas achei que seríamos incomodados por eles, nunca eliminados.

Na decisão do primeiro lugar do mundial, nossa torcida deu um show. E acredito que assim como eu todos os colorados estavam inconformados por não ver o Inter naquela partida, o Mazembe parecia intruso, não consegui torcer para eles, preferia que este jogo não tivesse existido. O lugar do colorado era naquela final, com ou sem vitória, nosso lugar era na final.

Acho que devemos apoiar o time, mas devemos cobrar deles postura de campeões da américa, quero todos os títulos possíveis nesta ano de 2011, a começar pelo gauchão, quero ser Tri da Libertadores, Tetra Brasileiro e Bi no Mundial. Só aceito esta meta do Campeão de Tudo!

ABRAÇOS COLORADOS

  

sábado, 18 de dezembro de 2010

Pequenos tropeços não derrubam um GIGANTE.

As vezes dá vontade de perguntar quando realmente vai começar o Mundial. 
É difícil de acreditar no que aconteceu na estréia colorada, num dia tão esperado pelos torcedores e jogadores. 
Pois é, mas infelizmente, perdemos na semifinal, e o sonho de ganhar o mundo pela segunda vez foi adiado. 

E ao contrário do que alguns estão fazendo, é hora de apoiar o time, mostrar que torcida não serve apenas para vibrar com as vitórias, e sim, chorar junto nas derrotas e tirar forças do nosso amor pelo Internacional, para continuar sonhando com mais títulos.

Aguentar flautas, críticas e deboches, faz parte do futebol, mas o que não se pode esquecer, é que torcemos para um time vitorioso, cheio de glórias, e que tem colecionado títulos internacionais. 

Vimos nossos guerreiros conquistarem a Libertadores da América pela segunda vez em 4 anos, e nesse mesmo período, ganhamos um Mundial e chegamos em outro, mesmo que neste, não tenhamos levantado a taça. 
Mas só o fato de ter chegado até aqui, já é motivo para se orgulhar, não é?

A imprensa e torcedores rivais podem chamar de vexame, vergonha, enfim.. mas nós sabemos que esta foi uma pequena mancha perto da gigantesca história de um clube glorioso, que há muito tempo vem trazendo diversas alegrias ao torcedor. 

Não são apenas os jogadores, é o INTERNACIONAL, e por isso, é o momento de levantar a cabeça e continuar a apoiar, e não virar as costas. 
E se o título Mundial não veio esse ano, outras chances virão, pois não estamos falando de qualquer time. 
Ontem, completaram-se 4 anos em que o MUNDO foi pintado de vermelho pela primeira vez, e é um ótimo motivo para comemorar, né? 
Que esta parte linda e inesquecível da história colorada, sirva também para reforçar a confiança, pois uma nova temporada vem aí, e temos que estar fortes e de pé, pois com certeza teremos muito o que aplaudir os GUERREIROS colorados.

Não importa o que digam, SEMPRE levarei comigo minha camisa VERMELHA!

Mais uma vez o Inter entra para a história!

Dessa vez ele não entrou para a história fazendo a alegria de nós colorados, mas entrou fazendo a felicidade geral da nação de secadores, por perder uma semifinal do mundial, para os africanos, que para mim podem ganhar tanto quanto qualquer outro time, seja por próprio mérito, por sorte, por garra, por coração ou por qualquer motivo que seja! 
No futebol, as vezes felizmente, as vezes infelizmente, nem sempre quem é o favorito ganha, ganhar e perder faz parte!


Fiasco? Vergonha? Não! 
O Inter errou, perdeu, podia ter feito mais? Sim! 
O que EU o que VOCÊS podiam fazer? Infelizmente, nada. 
Desculpem-me, mas também não é qualquer time que chega a uma semifinal de Mundial de Clubes, e se o Inter e o Mazembe chegaram lá é por que eles foram os melhores dos seus continentes, era uma disputa e não uma partida ganha... 
Aliás, eu já havia falado que tínhamos que tomar cuidado com eles, mas isso é passado.


Dizem que os jogadores do Internacional subestimaram o Mazembe, bom, pode até ter sido, mas o que estão fazendo ao dizer que foi uma vergonha perder para ele? 
Não estão desmerecendo o time africano ao dizer isto? Coloquem a mão na consciência, onde estão os outros times?
Em casa se preparando para os estaduais.

O meu Sport Clube Internacional pode não ter ganhado o Mundial, mas está levando pelo menos o terceiro lugar pra casa, hoje ele pode ser o 3º time melhor do mundo, ano que vem ele pode voltar a ser o 1º!

Tenho orgulho de ser colorada, tanto nos momentos bons quanto nos maus, pois eu sei que ele vai dar a volta por cima como sempre dá, simplesmente estou com ele até o fim, por que sou torcedora fiel, e torcer é estar ali de coração incentivando para tentar levar o time pra frente, vibrando ao ganhar uma partida e chorando ao perder... 

Ser torcedor é MUITO mais e por isso quem realmente é colorado vai tentar cicatrizar esse machucado que foi o mundial, lamentando, mas torcendo para que no ano que vem nossos guerreiros que ficarem e os que chegarem, possam fazer o melhor não só para ganhar novamente a Libertadores e para trazer o Bi Mundial pra casa, mas que façam o melhor também no Gauchão e no Brasileirão!

Esse foi mais um desabafo do coração de uma colorada!

Saudações Coloradas!