sexta-feira, 14 de fevereiro de 2014

Até Quando?

No post de hoje não poderia falar em outra coisa senão, o lamentável acontecimento com o nosso eterno ídolo Tinga. Em um jogo no Peru, Tinga, que jogou hoje pelo Cruzeiro, foi discriminado. Cada vez que ele tocava na bola, a torcida (eu chamaria de uma reunião de imbecis) imitavam macacos. Um absurdo sem tamanho, o qual não deveria ficar assim. Me digam vocês, até quando vamos teremos essas cenas lamentáveis? Até quando o preconceito será maior que o respeito ao ser humano? Como se cor definisse caráter, como se cor influenciasse alguma coisa no ser.

Estou profundamente indignada com a atitude anti-ética, racista, baixa e vulgar da torcida. Sem contar que esse não foi um episódio isolado. Em outros jogos, outros jogadores também já sofreram racismo. Não posso conceber que em pleno século XXI ainda existam pessoas tão ignorantes que se deixam levar pela cor da pele. E ainda há pessoas que creem na humanidade, pois sim. Da forma como as coisas acontecem, eu só posso orar pelos meus filhos e netos. Porque vejo um futuro terrível.

Quero acreditar, piamente, que eles imitavam macacos, porque sabem que o Tinga é ídolo de uma torcida, a qual tem como símbolo esse primata, que estudiosos garantem serem nossos antecessores. Pois bem, quero deixar claro ao bando de imbecis que tripudiaram em Tinga, que nós temos orgulho em sermos considerados a torcida dos macacos, e que em sua maioria é composta por afro-descendentes, com orgulho pela raça. E quanto a vocês, tenho certeza que não possuem metade do orgulho e da história que temos. Quando muito, possuem ignorância para dar e vender!!!

Bom fim de semana aos macacos de fé!!!

Um comentário:

Maurício Araújo disse...

#FechadoComOTinga
Show teu texto amiga Desirée!
Bjus!!!