quarta-feira, 22 de setembro de 2010

Não temos Neymar

Muito triste ver o que aconteceu com o Neymar na última semana. Evento que culminou com a dispensa do técnico, e um acolhimento injusto do jogador, reforçando o pedantismo dele como também de outros meninos que, de uma hora pra outra, começam a se destacar com a bola e ganhar montanhas de dinheiro.

De tão ovacionados esses jogadores "emergentes" se sentem deuses, e imaturamente acham que podem tudo, passando como trator em cima das pessoas e deixando o futebol brasileiro envergonhado. Que cartão de visita para o país do Futebol, futura sede da Copa do Mundo.!Que exemplo, para os meninos nas escolinhas de futebol percebem a negligência da diretoria, que passa deslavadamente a mão na cabeça de um menino birrento.
Por que escrever isso num blog do Internacional?

Primeiro para manifestar a falta de respeito e má educação de um projeto de monstro (parafraseando tantos dirigentes de clubes de futebol brasileiros, horrorizados com este ato infame). Mas também para olhar com carinho e orgulho da nossa equipe colorada.
Tudo isso me fez pensar o que é o time do Sport Club Internacional. O time, que não é composto apenas pelos jogadores, mas também por todos que trabalham nos bastidores do Beira Rio.

Além da acolhida do jogador colorado pela equipe, dirigentes e torcida, tão calorosas, há o cuidado psicológico que se tem com todos os jogadores. Todos esses detalhes, além de treino certo, disciplina, etc. fazem com que o jogador do Inter vista a camisa do time, e se sinta valorizado, sem que a ambição imatura lhe suba pela cabeça.

Enfin, assistindo as notícias sobre Neymar, sinto mais orgulho do meu colorado, por nunca, mesmo nos jogos em que está perdendo , ser palco de tamanha vergonha...

Um comentário:

Ricardo disse...

É bem por aí infelizmente Léa.
Ainda bem que a única ovelha negra do Beira Rio já foi embora, chamado Walter.
Saudações Coloradas!