segunda-feira, 6 de junho de 2011

A tal da vontade novamente...

É o que eu sempre digo. Quando o Inter resolve jogar. Mas só quando o Inter joga de verdade mesmo, ninguém segura. A partida de ontem exemplificou muito bem esse fato. 

Não foi uma partida impecável, até porque o Inter ainda deu aquela famosa apagadinha de quando está ganhando (no 2º tempo) e levou dois golzinhos de graça do américa. Mas  foi uma partida cheia de vontade e de efetividade, o que é mais importante. O Inter soube se impor muito bem na casa do adversário. Mesmo não sendo um adversário que seja lá essas coca-colas... (Apesar de o seu técnico ter dito que o Inter seria um dos times que brigariam contra o rebaixamento). O Inter jogou como um time grande tem que jogar. Finalmente um jogo quer deu um gosto a mais de se ver...

De mais a mais não tenho muito a dizer. Espero que essa vitória tenha sido o suficiente pra começar a afastar a tal crise que a imprensa insiste em aumentar cada vez mais. Uma coisa é certa, esses três pontos são muito importantes. Vamos torcer para que embale agora. A próxima partida é teste de fogo. Palmeiras, que está muito brm obrigado, vem com tudo pro Beira. Ai sim vamos ver se o Inter está entrando nos eixos.

Saudações Coloradas!

Um comentário:

Editor - Porto Alegre/Rs disse...

Não é vontade não é apenas simplificar, foi o que o PARDAL fez, simplificou ganhou, mas não poderia simplificar por completo uma cagada faria, JUAN zagueiro no lugar de Kleber, porque não colocou Fabricio que foi contratado? Precisamos de Um primeiro Volante, aqueles volantoes de batem até na gente que esta assistindo e pelo amor de Deus BOLIVAR é o pior zagueiro que ja vestiu a camisa do Inter e tem gente que ainda da a braçadeira d capitão para um molenga destes, pelo amor de Deus, fora BOLIVAR tu é muito ruim