terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

Por Debaixo dos panos, que é prá ninguém Saber...

Esta reforma é mais que uma dor de cabeça. É um balde de água fria numa gestão que demonstra sua competência desde que presidentes foram seguindo uma lógica de trabalho e afirmação de um clube Vitorioso e Grande como o INTER.
Aí aparece a AG e  se não  bastasse, de quebra vem o Banrisul junto. Ninguém merece.
Mas hoje não vou banalizar nem fazer piadas com esta situação. Vou divulgar alguns dados e informações que busquei nestes últimos dias. Estas informações foram pesquisadas na Internet, outras conseguidas com a ouvidoria da AG, outras com amigos que trabalham em construtoras e conhecem o que acontece por debaixo dos panos.

A AG é a maior construtora ativa no país. Sua área de atuação deixou de ser apenas construção e reforma há muito tempo. Seus tentáculos atingiram área Naval, Elétrica, estradas e rodagem, Metrôs, Gaseodutos, Ferrovias, Telecomunicações, além das habituais e mais simples empreitadas, como por exemplo a reforma do Beira Rio.

Aí vem uma pergunta: A AG alega que o Banrisul não libera a verba (Banco responsável por repassar as verbas do BNDS para a malfadada Copa) e o Banrisul alega que a AG não apresentou garantias financeiras para cobrir o empréstimo.

Vamos por etapas: Garantias financeiras para um empréstimo de 330 milhões de reais, o que significa 1 (um)por cento do patrimônio da empreiteira.
Aí a pergunta: Onde está este furo? Convenhamos: Esta obra nem é uma das maiores da AG. Muito pelo contrário. Porque a AG não apresentou as garantias necessárias?
Em contra partida: Se o Beira Rio foi escolhido pra realizar a copa, outros estádios estão sendo  construídos no país, e as garantias não foram parte primordial para a realização das obras, haja visto que a lucratividade para as construtoras revertem-se em propaganda muito mais que lucros ativos do próprio estádio:  porque diabos o Banrisul está empacando para finalizar esta lenga lenga sem fim?

Se é estádio da copa, onde estão os responsáveis por esta porcaria, como o Senhor governador do RS que simplesmente divulga uma notinha no jornal dizendo que o banco não tem culpa?

Tem culpa. Ambos tem.

Mas vamos aos fatos: A AG alega que todas as empreiteiras que assumiram as obras da copa, não foram obrigadas a demonstrar de seu patrmonio a garantia para finalização das obras. Que estas garantias viriam do proprio governo que estaria garantindo a viabilização dos projetos, garantindo também a lucratividade devido a grandiosidade do evento.

O Banrisul alega que precisa de garantias de parceria para viabilizar o empréstimo. Dúvida:Porque todos os outros bancos dos outros estados liberaram as verbas do BNDES sem estas garantias líquidas, apenas com garantias patrimoniais? Vou simplificar: Supondo que a AG receba o dinheiro necessário para a obra. De um calote no BNDES e não pague. Por todos os Santos:em dois dias o BNDES requisita via judicial a retenção de patrimônio da construtora e recebe ressarcimento, pois a AG tem patrimônio para garantir 800 vezes esta reforma.

Vamos a mais fatos: A reforma do Morumbi custará 400 milhões. A garantia de retorno foi dada com base na construção de um hotel, que segundo a administração São Paulina, dará retorno financeiro suficiente em poucos anos, para garantir o lucro do projeto.  Pergunta: porque foi aprovada esta garantia tão rapidamente?  E vamos além: O Morumbi que também foi barrado para a copa e em outra via aprovaram um estádio para o corinthians, inteiramente construído com dinheiro público, no meio do nada, sobre uma tubulação de gás que teve de ser arrancada a um custo bilionário....e o BNDES liberou a verba sem garantias devidas, uma vez que é notório que Itaquera é o lugar menos indicado para dar retorno financeiro, numa cidade como São Paulo? Este estádio dará lucro de bilheteria para o corinthians, visto a enorme quantidade de torcedores que o clube possui. Mas para por aí, pois se a torcida dos alvinegros fosse sócia, dada a quantidade, certamente construiriam o estádio com dinheiro próprio...

Aí fica a pergunta que não quer calar: Porque a verdade não é explanada diretamente e sem subterfúgios? Porque o Sr. Vitório Píffero não vem a público  e explica porque destruiu 8 mil cadeiras da área social a marretadas antes mesmo de saber como seria feita esta reforma, no final de seu mandato, quando todos já sabiam que não estaria mais a frente do clube? Porque todos os estádios estão sendo construídos e reformados, o Maracanã, reformado pela enésima vez a peso de ouro, um estádio no meio do nada em Manaus a peso de diamantes azuis, o Itaquerão a pleno vapor....
Me desculpem, mas tem muita coisa mal contada nesta história.
E vou resumir em dois pontos: Primeiro: A AG nem está aí se fizer a reforma ou não. Tem coisas melhores no meio político, com dinheiro fácil e muito faz-me rir para alegrar pessoas por aí.

O Banrisul está pouco se lixando com esta reforma, pois a arena está a pleno vapor, com a OAS uma empreiteira no mínimo estranha, que recebeu o dinheiro sem choro nem vela, sem nenhuma exigência maior quanto a garantias líquidas.

Os politiqueiros de sempre, Governador, ministros e quetais, querem mesmo  que sempre quiseram: Festa e muito voto. Porque no fim das contas, é para isso que servimos mesmo.


9 comentários:

Fabio - Arena Vermelha disse...

Não tem coisa mais chata do que essa engronha que se tornou a função da assinatura deste parceria..

No entanto, conseguiu fazer um textro atrativo para leitura e com mtas verdades... com um final mt bom...

saudações..

Beth Gomes disse...

MUITO BEM!

Rivaldo disse...

O texto traz bons questionamentos, mas carece de fonte. Como sabes que nenhum outro estádio precisou dar garantias para ser financiado? Pois as garantias que são dadas geralmente não são divulgadas. Não acho que seja uma afirmação que se possa alegar e generalizar da forma que fizestes. Acontece que a AG só quer se comprometer com 20%, se o banco aceitar isso, não tem como ele correr atrás depois, pois foi o banco que aceitou o risco. Mas quem deve correr o risco é sempre o empreendedor. A não ser que o banco entre como um, assim como a AG, só que dessa forma o Inter teria que ceder ainda mais em sua receita para compartilhar com o banco. Mas não é da política do Banrisul.

CORAÇÃO VERMELHO disse...

Oi Fábio, oi beth,,,stress total. valeu beijos.

CORAÇÃO VERMELHO disse...

Rivaldo
Eu não escrevi nada sem ir atrás antes,me informar e tentar saber como foram feitas as outras parcerias. além de me informar antes de escrever, falei como pessoas muito próximas que tem construtora, trabalhamo no ramo e me ajudaram a entrar em contato com ouvidorias de construtoras, além de me informar junto a pessoas de São Paulo que passaram por pendengas antes da copa e tiveram o estádio protelado em prol do Corinthians. Se quiseres averiguar se as informações estão corretas, é fácil. Vá atrás, pesquise e gaste muito tempo e telefone. Te garanto que perceberá a discrepância do que está sendo divulgado no RS com a realidade que está acontecendo em outros estados.
Este Banrisul é banquinho, este bairrismo já passou dos limites e esta AG não dá ponto sem nó. Só quem está pagando os pecados nesta confusão é o INTER. Ag, Banrisul, politicaiada...tudo no mesmo saco.
Só espero que logo nos livremos deste banquinho estampando o nome na nossa Camisa.
Att
Heide

Lúcia Bastos disse...

Estranho é perfil fake vir questionar sobre fontes...

Imprensa da aldeia publica diariamente "trocentos" tópicos sobre variados assuntos e não divulga fonte, pq nós q somos um blog de TORCEDORAS sofremos a patrulha de divulgar fontes???

Em 2010 já tive postagem minha copiada na maior cara dura por um reporter da provincia, e ele não deu a fonte das suas informações...Aliás, sequer deu creditos da postagem...

Rivaldo, se quiser debater qq tema por aqui, use seu nome, não se esconda atrás de pefil fake criado casualmente em fevereiro/12...

Somos mulheres mas não somos tontas!!! kkkkkkk

Quer debater? Espaço é aberto, mas assuma quem vc é!

Rivaldo disse...

Nada justifica a falta de fonte e não é porque outros fazem algo que você também deve fazer e tornar aceitável, mesmo grandes veículos de comunicação. Nós somos seres predominantemente emocionais e por isso tendenciosos, quando não se usa fonte o risco de ser tendencioso é muito alto. Por exemplo, quando chama o Banrirul de banquinho mostra preconceito. Mesmo ele realmente sendo um banco ruim, o importante são os fatos que estão gerando todo esse problema. Eu tenho acompanhando e cheguei neste blog justamente buscando por mais informações, mas fiquei tão insatisfeito assim como quando leio muitos comentários de torcedores que julgam como se fossem técnicos e estivessem participando do dia-a-dia dos treinos. Da mesma forma que eu acho que não temos informações suficientes para julgar o Banrisul ainda, mas temos o sufiente para julgar o Inter, a AG e o governo. Então resolvi fazer algo que não faço, comentar, eu tenho esse e-mail a muito tempo, mas não tinha conta no Blogger ainda então tive que fazer pra comentar. Eu não uso o meu nome completo porque não quero ter o meu nome ligado a discussões de futebol, ainda mais que faço este comentário durante o trabalho. Hoje em dia as empresas usam muito o Google para te avaliar. Outro ponto é que dificilmente uma crítica é aceita e as pessoas levam para o lado pessoal, então se expor vira puro desgaste. Me preocupei mais com o conteúdo da minha mensagem do que querer me tornar conhecido. Desculpem pelo meu comentário, eu prefiro me envolver mais com decisões referentes a minha vida, mas fui envolvido pela insatisfação e acabei desviando e comentando. O que não agregou nada, só gerou, como mencionei antes, desgaste.

CORAÇÃO VERMELHO disse...

Rivaldo, comentarios sempre são bem vindos . Críticos ou não, quem escreve em um blog e autoriza comentários não é ingênuo a ponto de achar que todos concordarão com suas colocações, ou não escreveria. Ficaria recluso e fim. Chamo o Banrisul de banquinho sim, e preconceito seria se o Referido banquinho não tivesse sido ajudado da forma que foi, enquanto todos os outros estaduais faliram e foram agregados pelo BB. Imagino que não seja necessária a fonte, pois à época, isto foi mais que debatido e debatido e criticado e comentado e falado em todos os jornais, Internet, rádios, Tvs e etc. Mas posso procurar as materias referidas e te dar a fonte, daquela época.
Segundo: Fontes da construção do Itaquerão: Serão todas publicadas aqui, e podes ver amanhã, pois como estou trabalhando vou ter que separar todas, e te garanto, pesquisei exaustivamente para compor esta matéria. Fontes que reclamam da falta de lisura nas licitações de todas as obras da copa, bom.....tem em todo canto, mas vou pegar os mais de cem links que pesquisei e colocar a tua disposição. Fontes de como a AG consegue ser a maior construtora da America Latina e conseguir obras que ninguém consegue, garantidas pelo seu próprio patrimonio, em qualquer canto você acha, mas podes fazer como eu. Usar teu tel e ligar pra todo mundo e descobrir.E se tiver algum parente ou amigo na engenharia civil,ele será uma ótima fonte de como se faz estas coisas. Mas te prometo que divulgarei tudo que li e em troca, pedirei apenas que se de ao trabalho de ler tudo, e quando me criticar por preconceito, veja os FATOS que motivaram minha insatisfação. E se você sabe todos os porques do INTER e da AG, oras....compartilhe. Para tal serve o Blog.
Att
Heide
Autora do Post.

Lúcia Bastos disse...

Rivaldo como Heide tb já expôs comentários são bem vindos, sejam eles criticas ou elogios.
Só quero lembrá-lo q somos um blog de TORCEDORAS do Sport Club Internacional, emitimos opinões sobre assuntos de nosso interesse.
Até no meio jornalistico as fontes são preservadas, pq então exigir que amadoras como nós exponham seus contatos?